Tudo sobre GTA IV GTA 4 Tudo sobre GTA Chinatown Wars Tudo sobre GTA Vice City Stories Tudo sobre GTA Liberty City Stories Tudo sobre GTA San Andreas Tudo sobre GTA Vice City Tudo sobre GTA 3 GTA III Tudo sobre os GTAs Classics Projeto GTA Wiki
GTA Mind - Grand Theft Auto IV -  Novas Notícias de GTA IV, informações, fatos, trailers, downloads, scans, guias, cheats, detonado ...
 

 
GTA IV - The Lost and Damned GTA IV - The Ballad of Gay Tony
GTA Mind - Grand Theft Auto IV / 4 - GTA IV / 4

Informações > Review

Adicionado em: 05/10/2009   Última Atualização: 05/10/2009
Conteúdo feito por: perera   Imprimir
    Diminuir Texto Aumentar Texto

Libert City como você nunca viu antes
Grand Theft Auto IV, o lançamento mais aguardado do ano chegou e prova ser maior do que toda a hype construída em torno dele. Tudo o que foi dito sobre o game é verdade, mas o novo GTA vai mais além.
A física proporcionada pela engine Euphoria obriga o jogador a reaprender como jogar Grand Theft Auto nos primeiros momentos. A interação com as pessoas na rua, a direção dos veículos, as batidas e as lutas, tudo é afetado pela física. Ao mesmo tempo, ainda é GTA e é um prazer aprender a jogá-lo novamente.
A série da RockStar nunca foi um primor gráfico, mas no quarto episódio, a história é outra. Visualmente, o jogo adota um estilo gráfico diferente do que estamos acostumados nessa geração. É uma mistura entre o realismo tridimensional e os desenhos artísticos que costumamos ver apenas nas telas de loading e nas capas da série. Afirmo sem medo que GTA IV representa nos videogames para a arte pop ocidental o mesmo que Okami (PS2 e Wii) é para a arte tradicional japonesa. Além dos belos traços, temos efeitos de iluminação, centenas de detalhes de cenário e os habitantes de Liberty City. Por vezes, você vai parar de jogar para ficar apenas apreciando a cidade, seguindo pessoas e acompanhando o que elas fazem.

Trama cinematográfica
Desde os primeiros minutos, percebe-se que Grand Theft Auto IV tem uma história mais cinematográfica do que os jogos anteriores da série. A trama coloca o jogador no papel de Niko Bellic, um imigrante do leste europeu recém-chegado aos Estados Unidos em busca do “sonho americano”. O enredo gira em torno do significado disso nos dias atuais e do passado sombrio de Niko, enquanto ele se envolve no submundo de Liberty City.

Simulador social
Os personagens que surgem no decorrer do jogo são bem construídos, com trejeitos próprios, personalidade e a dublagem excelente que é padrão da Rockstar. A interação com eles é um elemento essencial em GTA IV. Desenvolver as relações de Niko com seu primo Roman, com os outros malandros e com suas namoradas não só enriquece o jogo, como é muito divertido. Utilizando o telefone celular, pode-se conversar com seus contatos, seja para pegar missões ou para simplesmente combinar para sair, jogar dardos, sinuca, ir a uma boate de strip-tease ou tomar uma cerveja no barzinho da esquina... o que acarreta numa das mais alardeadas – e divertidas – experiências do jogo, dirigir bêbado. É sensacional, mas cuidado para não exagerar, a policia está implacável e não vai dar sossego para os bebuns!
Um detalhe em especial é que cada ação de Niko tem conseqüências no jogo. Se optar por jogar um bilhar com a namorada e não atender o telefonema do primo, o coitado pode tomar uma surra e parar no hospital por sua culpa!

Grand Theft Shooter
Um dos grandes defeitos da franquia GTA era o sistema de combate, principalmente na hora do tiroteio. No novo episódio, esse defeito foi corrigido, com uma mira mais precisa e movimentos de cobertura, num estilo similar à Gears of War. O impacto das balas nos objetos e nos inimigos é bem bacana, graças a engine Euphoria. O mesmo vale para as facas, coquetéis molotov e para o bom e velho mano-a-mano, que ficou mais sofisticado, com combinações de socos, chutes e até cabeçadas.
Também é possível desarmar os inimigos, inclusive a policia, quando Niko está prestes a ser preso. Falando na policia agora os níveis de “procurado” são limitados as imediações de onde a bagunça começou e é possível despistar os homens da lei em perseguições pelas ruas da cidade. Isso, claro, se o jogador não cometer mais crimes no percurso.

Muito para se ver, muito para fazer
Durante as missões, os diálogos são diferentes a cada tentativa e mesmo ao falhar o resultado muda conforme o que aconteceu no jogo. Por exemplo, em um dado momento, abandonei o táxi de Roman durante uma perseguição e o carro foi roubado! Resultado: Niko e Roman sentados esperando um ônibus e resmungando sobre o prejuízo. Ao falhar novamente na mesma missão, porém de outra forma, a cena foi diferente. Uma coisa legal é que quando falhar, não é mais necessário voltar até o ponto onde começou para receber novamente as missões: Niko recebe uma mensagem no celular perguntando se quer tentar de novo, basta clicar em “Yes” e o jogo volta para a direto para a cena do crime!
A trama principal tem todo tipo de missão que se espera de um jogo de “mundo aberto”, especialmente de um novo GTA, mas fora dela também há muitas coisas para se fazer, descobrir e conhecer. Desde jogar boliche até comprar roupas e atirar em pombos, o jogo é cheio de pequenos segredos que fazem a alegria dos fãs da série GTA.
Além de tudo isso, é possível assistir aos vários canais de televisão, navegar na Internet – o jogo tem inclusive uma espécie de Orkut!
A própria cidade é enorme e vai levar um bom tempo até descobrir tudo o que as cinco ilhas de Liberty City têm a oferecer. Acredite, o sistema de GPS nos carros e o serviço de táxi do primo Roman vão ser muito úteis quando estiver vagando pela réplica de Nova York da Rockstar. E sim, tarados de plantão, as prostitutas estão lá e dá para fazer programa com elas, com até três opções diferentes de serviços sexuais a sua disposição.

Maior do que o hype
Grand Theft Auto IV é um jogo fantástico, e mesmo que você não tenha apreciado os jogos anteriores da série, é provável que se apaixone por esse título. A história te prende, as possibilidades de interação o levam a tentar coisas novas só para ver o que acontece e como se não bastasse, o jogo ainda oferece um multiplayer sólido e divertido com várias modalidades além do simples e divertido mata-mata. São corridas, missões de coletar itens e uma muito bacana, Cops’n’Crocks, uma releitura da brincadeira de policia e bandido.
GTA IV não é perfeito, ocasionalmente o jogador vai reparar em alguns bugs e as rádios, um dos pontos altos da série, deixaram a desejar. Eu até gostei da estação de hip-hop russo, mas faltaram aquelas músicas conhecidas tão marcantes nos GTAs anteriores. Nada que comprometa a diversão, mas tomara que melhorem com o conteúdo futuro para download.

Pelo conjunto da obra, Grand Theft Auto IV é um dos melhores jogos dessa geração, um clássico instantâneo e imperdível.

10.0
Gráficos
9.0
Som
10.0
Jogabilidade
10.0
Diversão
10.0
Single Player
10.0
Multiplayer
10.0
Média

 

Orkut

Twitter



Orkut Twitter RSS